• Carlos Guglielmeli

Bolsonaro desafia governadores a zerar ICMS cobrado sobre combustíveis


"Eu baixei três vezes o combustível nos últimos dias

e na bomba não baixou nada."

Durante a costumeira entrevista concedida na saída do Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro voltou a responsabilizar os governos estaduais pelo alto preço dos combustíveis.

Bolsonaro lançou um desafio aos governadores dos estados na manhã desta quarta-feira (5), sugerindo que eles zerem a cobrança de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre os combustíveis, em troca da isenção dos tributos federais.

Eu zero o [imposto] federal, se zerar ICMS. Está feito o desafio aqui. Eu zero o [imposto] federal hoje e eles [governadores] zeram ICMS. Se topar, eu aceito. Está ok?”, desafiou o presidente brasileiro.

Segundo o presidente, são necessárias mudanças na cobrança do imposto estadual, que para ele deveria incidir no valor da refinaria e não, como vem sendo feito, sobre o total liquido na bomba, onde já estão inclusos custos, por exemplo, da distribuição, transporte e dos encargos federais.

Olha o problema que estou tendo com combustível. Pelo menos a população já começou a ver de quem é a responsabilidade. Não estou brigando com governador, eu quero que o ICMS seja cobrado no combustível lá na refinaria, e não na bomba", reclamou Bolsonaro, que completou, "Eu baixei três vezes o combustível nos últimos dias e na bomba não baixou nada.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3