• Carlos Guglielmeli

Em Busca da reeleição, prefeito Pábio Mossoró se filia ao MDB


A corrida eleitoral deste ano em Valparaíso segue um ritmo acelerado, com variáveis que até pouco tempo seriam inimagináveis.

Dentro desse cenário de mudanças, uma das mais decisivas para o processo foi oficializada nesta quinta-feira (6) com a filiação do prefeito Pábio Mossoró ao MDB (Movimento Democrático Brasileiro).

Em uma grande festa, Mossoró torna mais pública que nunca sua carreira solo, desvinculando-se da “ex-madrinha política” Lêda Borges, com quem, pelo PSDB, se elegeu duas vezes vereador e no último pleito chegou à prefeitura de Valparaíso, numa eleição extremamente improvável, quando vista do ponto de partida.

Segundo suas declarações à imprensa, Pábio deixou o antigo partido porque avaliou que estava com a chance de concorrer à reeleição ameaçada pela possibilidade de candidatura da própria Lêda Borges.

Com a separação da dupla que, se mantida, era considerada por muitos como imbatível, o cenário mudou, dando ânimo aos concorrentes que enxergaram nesse fato uma redistribuição das forças políticas. Criando, inclusive, certa disputa pelo apoio da deputada estadual.

Para seu ingresso na nova legenda, Pábio Mossoró reuniu um público considerável e trouxe para Valparaíso lideranças emedebistas como Daniel Vilela, ex-candidato a governador e presidente estadual do partido, Tadeu Filipelli, ex vice-governador do Distrito Federal, Balleia Rossi, deputado federal por São Paulo e presidente nacional da legenda, o também membro do congresso nacional, Célio Silveira (PSDB), entre outras lideranças.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png