• Carlos Guglielmeli / Fotos: Sérgio Grant e da

Caiado recua sobre zerar o ICMS dos combustíveis e agora diz que precisa discutir o assunto


Caiado recua sobre zerar o ICMS dos combustíveis e agora diz que precisa discutir o assunto

Foto: sucessonocampo.com.br

Após permitir ser noticiado pela imprensa local e nacional como um dos únicos governadores a aceitar o desavio do presidente Jair Bolsonaro para zerar a cobrança de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços) sobre os combustíveis, o governador Ronaldo Caiado (DEM) recua e agora diz publicamente que é necessário discutir o assunto.

Caiado não chegou a fazer nenhum compromisso formal sobre o assunto, mas também é inegável que a imprensa, a ele aliada, não foi desmentida quando publicou sua suposta intenção de cortar o imposto.

Mas durante a VIII Conferência dos Governadores, diante dos colegas de executivo que chamaram a proposta de populista, Caiado teve que expor uma nova opinião nesta terça-feira (11).

Na ocasião, agora sem nenhuma afirmativa, Caiado foi quem sugeriu a presença do ministro da economia, Paulo Guedes, para “discutir” o assunto.

Por sua vez, Guedes descartou o termo isenção e deixou claro que uma redução sobre os tributos cobrados encima dos combustíveis somente será possível, talvez, num médio ou longo prazo. Posicionamento aplaudido por Caiado.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

1/3