• Carlos Guglielmeli

Deputado estadual apresenta projeto para reduzir imposto sobre combustíveis e coloca Caiado na berli


Foto: Portal Alego - Ruber Couto

O deputado estadual Delegado Eduardo Prado (PV) apresentou na tarde desta terça-feira (18) um PL (Projeto de Leia) que possibilita a redução do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) cobrado sobre os combustíveis e colocou o governador Ronaldo Caiado (DEM) contra a parede.

Caiado recentemente surfou nas manchetes da imprensa palaciana como um dos únicos governadores dispostos a atender o desafio de zerar o ICMS sobre combustíveis, feito pelo presidente Bolsonaro no último dia 6.

Agora o governador vai ter que encaminhar sua bancada na Alego (Assembleia Legislativa de Goiás) para que seus deputados aliados atuem a favor, honrando sua disposição inicial e perdendo arrecadação, ou contra o PL, evidenciando o uso do populismo na sua fala.

Em suas justificativas a favor da aprovação do projeto, Prado usa o fato de que, entre os 26 estados Brasileiros e o Distrito Federal, Goiás tem a terceira maior alíquota de ICMS cobrada sobre a gasolina e a sexta maior cobrada sobre o etanol. Classificação divulgada pelo Jornal Opção do Entorno em 06 de janeiro .

Goiás apresenta a terceira alíquota mais alta do Brasil, o que acaba por onerar toda a cadeia produtiva do Estado, além do cidadão que abastece veículos”, justifica o autor do Projeto de Lei.

Se o PL for aprovado, o ICMS incidente na gasolina pode cair de 30% para 15%, enquanto o cobrado sobre o etanol deve retroagir de 23% para 12%.


Publicidade
Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Precisa explicar?