• Carlos Guglielmeli

A bordo de sua Mercedes, Bottas é o mais rápido na 1ª semana de testes da F1 em Barcelona


A bordo de sua Mercedes, Bottas é o mais rápido na 1ª semana de testes da F1 em Barcelona

A Mercedes terminou a primeira semana dos testes da pré-temporada de F1 como a equipe mais rápida entre no Circuito da Catalunha-Barcelona.

O melhor tempo de volta, 1:15.732s, foi registrado por Valtteri Bottas durante a sessão da manhã desta sexta-feira. O finlandês não foi mais superado por seus rivais, incluindo o companheiro de equipe, Lewis Hamilton.

Bottas entregou o carro para Hamilton à tarde, mas o hexacampeão ficou mesmo com o segundo lugar com uma volta 0,784s mais lenta que o finlandês.

A sexta-feira em Barcelona teve quatro bandeiras vermelhas durante as 16 horas de pista aberta. A primeira veio com Sebastian Vettel, que teve um problema no motor de seu Ferrari SF1000 pela manhã. A Scuderia trocou a PU do alemão para a sessão da tarde, terminando na 13ª posição com o tempo de 1:18.384s. Diversas vezes, a câmera onboard de Vettel mostrou o motor limitado sua potência em 200 km/h ou 290 km/h.

Nicholas Latifi trouxe a segunda bandeira vermelha, após parar sua Williams FW43 na pista, com um problema não relatado pela equipe.

Daniel Ricciardo provocou a última bandeira vermelha do dia. Foi durante a tarde, depois que a Renault pediu que o australiano parasse imediatamente o carro. O piloto da equipe francesa retornou aos boxes e logo estava de volta ao circuito, completando 93 voltas.

Depois de um furo no pneu, Kevin Magnussen rodou na curva 8 e bateu sua VF20 nas proteções. A Haas não conseguiu arrumar o carro para voltar à pista e o dinamarquês ficou com apenas quatro voltas registradas à tarde.

Apesar do problema com Ricciardo, Esteban Ocon completou um dia positivo para a Renault na terceira posição, acumulando 76 voltas e sem nenhum problema.

Lance Stroll foi o quarto colocado com o RP20, à frente do AT01 de Daniil Kvyat. Stroll cumpriu a programação do dia para a Racing Point, acumulando 116 voltas.

Antonio Giovinazzi terminou na sexta posição e foi o piloto com a maior quilometragem acumulada do dia. O italiano completou 152 giros com o Alfa Romeo C39.

Max Verstappen danificou a suspensão do RB16 durante a manhã, entregando para Alexander Albon durante a tarde.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3