• Carlos Guglielmeli

Medidas de contenção falham e Brasil registra primeiro caso de coronavírus da América do Sul. Brasíl

Atualizado: 27 de Fev de 2020


Medidas de contenção falham e Brasil registra primeiro caso de coronavírus da América do Sul. Brasília tem um suspeito

Os procedimentos de prevenção contra a entrada do coronavirus no Brasil falharam e o país é o primeiro da América do Sul a confirmar um de infecção.

Além do primeiro registro positivo da doença, o Brasil saltou de 1 para 21 casos suspeitos, somente nos últimos sete dias.

Em Brasília um homem deu entrada no HRAN (Hospital Regional da Asa Norte) na madrugada desta quarta-feira (26) com sintomas da doença. Segundo suas informações, ele teve contato recente com uma pessoa oficialmente infectada na Espanha. É a quarta suspeita do Distrito Federal.

Já o primeiro caso diagnosticado positivo para o COV-19, como é identificado o coronavírus, em território brasileiro, foi registrado na capital São Paulo.

A quatro dias esse homem de 61 anos voltou da Itália, onde permaneceu do dia 09 ao dia 21 de fevereiro e de onde vêm 12 dos 21 casos suspeitos hoje no Brasil.

Veja algumas informações sobre o coronavírus

Quais os sintomas?

Os coronavírus em humanos geralmente causam infecções leves ou moderadas do trato respiratório superior, com curta duração, ele se manifesta geralmente como um resfriado apresentando dor na garganta, tosse, no início seca, coriza e febre.

IMPORTANTE: Esse vírus algumas vezes podem causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias, que são mais comuns em pessoas com doenças cardiopulmonares, com sistema imunológico comprometido ou idosos, atingindo seu estado mais grave.

Como é transmitido o Coronavírus, sintomas, tratamentos e precauções:

Os Coronavírus são uma grande família viral que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais. Os Coronavírus humanos causam doença respiratória, de leve a moderada, no trato respiratório superior. Esses vírus receberam esse nome devido às espículas na sua superfície, que lembram uma coroa.

Como ele é transmitido?

O modo de transmissão dos coronavírus humanos comuns acontece das seguintes formas:

  • Pelo ar;

  • Por meio de tosse ou espirro;

  • Contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;

  • Contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido então de contato com a boca, nariz ou olhos.

O período de incubação dos coronavírus, ou seja, período em que os sintomas surgem desde a infecção no organismo, é de 2 a 14 dias. Já sobre o período de transmissibilidade, de uma forma geral, ocorre apenas enquanto persistirem os sintomas.

Como tratar?

Não existe tratamento específico para infecções causadas por coronavírus humano.

No caso dos coronavírus humanos comuns, a maioria das pessoas se recuperam sozinhas após alguns dias, com repouso e consumo de bastante água. Porém, algumas medidas podem ser adotadas para aliviar os sintomas, como:

  • Uso de medicamento para dor e febre (antitérmicos e analgésicos).

  • Uso de humidificador no quarto ou tomar banho quente para auxiliar no alívio da dor de garanta e tosse.

  • Ingestão de líquidos.

IMPORTANTE: No caso de suspeita, um médico deve ser consultado imediatamente. Nos casos de pacientes com sintomas graves, é recomendada internação e suporte ventilatório, mas essas medidas variam conforme cada caso e com a devida indicação médica.

Como se prevenir contra a contaminação?

Para redução do risco de adquirir ou transmitir doenças respiratórias, especialmente as de grande infectividade como os coronavírus, são recomendadas medidas gerais de prevenção, como:

  • Frequente lavagem e higienização das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento.

  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal.

  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir.

  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca.

  • Higienizar as mãos após tossir ou espirrar.

  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.

  • Manter os ambientes bem ventilados.

  • Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de infecção respiratória.

Até o momento, não existe vacina para os coronavírus, sejam os comuns ou os MERS-CoV e SARS-CoV.


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3