• Carlos Guglielmeli

Além da má qualidade da obra, nova entrada do Valparaíso II pode trazer riscos para transeuntes


Moradores denunciam má qualidade e riscos oferecidos pela obra realizada pela prefeitura na entrada do Valparaíso II /Fotos: Reprodução

Após duas chuvas mais fortes, uma com o volume de 18mm na segunda-feira (21) e outra de 24mm espaçados na quarta-feira (23), o novo balão de acesso ao Valparaíso II ficou destruído e se mostrou ainda pior do que o que havia antes.


A má qualidade da obra realizada pela prefeitura de Valparaíso de Goiás, comandada pelos reeleitos Pábio Mossoró (MDB) e Zeli Fritscher (PDT), já vinha sendo discutida por moradores e comerciantes nas redes sociais, porém o temor agora é pelo suposto risco de morte oferecido à motoristas e pedestres pelos Bolsões de Contenção abertos as margens da BR 040.

Novo balão de entrada do Valparaíso II, já completamente destruído após duas chuvas / Foto: Reprodução

O bolsão da entrada do Valparaíso II é um grande buraco com quase 3 metros de profundidade, aberto a menos de 10 metros da rodovia, sem nenhuma proteção de segurança, inclusive em perímetro no qual os meios-fios estão rebaixados.

Bolsão de contenção de água com cerca de 3 metros de profundidade escavado a menos de 10 metros da BR040
"Quando a água vem fica tudo igual, não dá para saber o que é pista e o que é canteiro, além disso o que a gente vê aqui é uma enxurrada. Para um carro cair ali dentro não é difícil não. Isso foi muito mal feito e não adiantou nada, fez foi piorar mais a entrada da cidade, Negócio mal feito", desabafou a moradora Maria de Lourdes Souza.

Além do Bolsão, a equipe de Infraestrutura da cidade ampliou as pressas, pois só reparou a necessidade da intervenção após boa parte da execução da obra de pavimentação, a galeria de captação das águas pluviais, que também é apontado como uma armadilha contra a segurança de transeuntes.

Capitação das águas da chuva recém construída pela prefeitura de Valparaíso de Goiás oferece risco para motoristas e transeuntes
"Aquilo ali funciona como um ralo gigante, se uma pessoa cair lá encima e for arrastada, vai ser sugada por essas manilhas, vai simplesmente desaparecer. Não tem nenhuma proteção aqui, virou uma grande armadilha. Não entendo a mente de quem fez um negócio como esse", reclamou o comerciante José Rodrigues.


Segundo o portal da transparência, o valor da obra contratada foi de R$ 1.943.047,06 e a empresa executora é a MAXPAV Terraplanagem & Construções Ltda. sediada no Setor de Chácaras Ypiranga.


O Jornal Opção do Entorno entrou em contato com a Assessoria da prefeitura e até o momento não recebeu retorno sobre o assunto.

Veja um vídeo de como já se encontra a pavimentação do novo balão de acesso do Valparaíso II, liberado para tráfego a menos de 3 semanas:


Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3