• Carlos Guglielmeli

Após Bolsonaro falar em 'finalzinho', Pazuello diz que 'pandemia não acabou'


Foto: Adriano Machado / Reuters

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro afirmar que o Brasil está no "finalzinho de pandemia", mesmo com a alta no número de casos e mortes causadas pelo novo coronavírus, o ministro da saúde, Eduardo Pazuello, afirmou nesta sexta-feira (11) que "a pandemia não acabou".


"A pandemia não acabou. Ela prossegue, vamos conviver com o coronavírus. Vamos chegar próximo a uma normalidade quando tivermos as vacinas, os antivirais que combatem efetivamente a doença", declarou Pazuello durante inauguração de maternidade na capital de Goiás, Goiânia.


Segundo o acompanhamento do consórcio de veículos de imprensa, dos 26 estados brasileiros e o Distrito Federal, 22 estão com tendência de alta nas mortes: PR, RS, SC, ES, MG, RJ, SP, DF, GO, MS, MT, AC, RO, RR, TO, BA, CE, PB, PE, PI, RN e SE.


Em Valparaíso, cidade goiana limítrofe com o Distrito Federal, o aumento de casos não acompanha a tendência nacional e regional ainda, provavelmente pala volta da dificuldade para fazer o exame, notada após o término do período eleitoral.

Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png