• Carlos Guglielmeli

Após demissões, Bolsonaro faz trocas em seis ministérios

O presidente Jair Bolsonar confirmou através de nota oficial, trocas em seis ministérios nesta segunda-feira (29).


Logo após o pedido de demissão do pressionado Ernesto Araújo das Relações Exteriores, o general Fernando Azevedo e Silva deixou a pasta da Defesa por discordâncias com o presidente.


Os novos ministros nomeados por Bolsonaro: Luiz Eduardo Ramos (Casa Civil), Carlos Alberto Franco França (Relações Exteriores), Walter Braga Netto (Defesa), Anderson Torres (Justiça), André Mendonça (AGU) e Flávia Arruda (Secretaria de Governo) — Foto: Reprodução

Bolsonaro ainda demitiu o advogado-geral da União, José Levi. Com isso, o Planalto promoveu uma dança das cadeiras para ocupar os ministérios. Araújo, Azevedo e Silva e Levi deixaram de vez o governo, pelo menos por hora. O novo chanceler será Carlos Alberto Franco França, diplomata que fez carreira no cerimonial do Itamaraty e chefiou a assessoria especial da Presidência.


A AGU volta para as mãos de André Mendonça, que ocupava o cargo antes de substituir Sergio Moro no Ministério da Justiça e Segurança Pública, pasta que agora será chefiada pelo delegado da Polícia Federal, Anderson Gustavo Torres, secretário de Segurança Pública do Distrito Federal e apoiado pelos filhos de Bolsonaro.

Já a defesa ficará nas mãos de general Walter Braga Netto, que chefiava a Casa Civil, que agora terá, o também general, Luiz Eduardo Ramos, antes ministro-chefe da Secretaria de Governo, que por sua vez ficará a cargo da deputada federal Flávia Arruda (PL-DF), presidente da Comissão Mista de Orçamento (CMO). Flávia é esposa do ex-governador do Distrito Federal e ex-parlamentar José Roberto Arruda, acusado de comandar esquemas de corrupção.


Próxima de Lira e membro do Centrão, Flávia Arruda é a aposta do governo para melhorar a articulação com o Congresso.

Leia a nota oficial na íntegra


O Presidente Jair Bolsonaro alterou a titularidade de seis ministérios nesta segunda-feira (29). As seguintes nomeações serão publicadas no Diário Oficial, a saber:

•Casa Civil da Presidência da República: General Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira;

•Ministério da Justiça e Segurança Púbica: Delegado da Polícia Federal Anderson Gustavo Torres;

•Ministério da Defesa: General Walter Souza Braga Netto;

•Ministério das Relações Exteriores: Embaixador Carlos Alberto Franco França;

•Secretaria de Governo da Presidência da República: Deputada Federal Flávia Arruda;

•Advocacia-Geral da União: André Luiz de Almeida Mendonça.

Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png