• Carlos Guglielmeli

Após ouvir "o SUS é universal", Ibaneis volta atrás e DF vai atender pacientes do Entorno


Foto do Correio Brasiliense / Meramente Ilustrativa

Na manhã desta quinta-feira (14) o governador Ibaneis Rocha (MDB) declarou que iria proibir que as unidades de saúde pública do Distrito Federal atendessem pacientes originários do Entorno, mas mudou de ideia no final da tarde.


A mudança de ideia veio após uma reunião no Ministério da Saúde em que o chefe da capital nacional teria escutado a frase "o SUS é universal". Além disso, a intenção pegou muito mal para Ibaneis.


O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), também reagiu à proposta do emedebista e declarou em entrevista que "Todos os nossos infectados em Goiás, na região do Entorno, contraíram a doença no DF, então não tem o governo de lá excluir os nosso pacientes".


Para diminuir o constrangimento da repercussão sobre o assunto Ibaneis Rocha afirmou na saída da reunião que mudara de ideia e que manteria o atendimento à população do entorno, até a conclusão do Hospital de Campanha de águas Lindas de Goiás.



Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png