• Carlos Guglielmeli

Após ouvir "o SUS é universal", Ibaneis volta atrás e DF vai atender pacientes do Entorno


Foto do Correio Brasiliense / Meramente Ilustrativa

Na manhã desta quinta-feira (14) o governador Ibaneis Rocha (MDB) declarou que iria proibir que as unidades de saúde pública do Distrito Federal atendessem pacientes originários do Entorno, mas mudou de ideia no final da tarde.


A mudança de ideia veio após uma reunião no Ministério da Saúde em que o chefe da capital nacional teria escutado a frase "o SUS é universal". Além disso, a intenção pegou muito mal para Ibaneis.


O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), também reagiu à proposta do emedebista e declarou em entrevista que "Todos os nossos infectados em Goiás, na região do Entorno, contraíram a doença no DF, então não tem o governo de lá excluir os nosso pacientes".


Para diminuir o constrangimento da repercussão sobre o assunto Ibaneis Rocha afirmou na saída da reunião que mudara de ideia e que manteria o atendimento à população do entorno, até a conclusão do Hospital de Campanha de águas Lindas de Goiás.



Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3