• Carlos Guglielmeli

Após testes, Russia diz que vacina contra a Covid-19, Sputnik V, tem 92% de eficácia


Foto: Russia Beyond

Moscou se apressa para alcançar as farmacêuticas do Ocidente na corrida pela vacina contra o novo coronavírus e de acordo com o fundo soberano russo, resultados preliminares de testes clínicos apontam que a vacina Sputnik V é 92% eficaz em proteger pessoas da Covid-19, o anúncio foi feito nesta quarta-feira (11).


"Estamos mostrando, baseados em dados, que temos uma vacina muito eficaz", disse o chefe do Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF), Kirill Dmitriev, acrescentando que esse seria o tipo de notícia que os desenvolvedores da vacina falariam para seus netos um dia.


Os resultados atuais da Sputnik V são apenas os segundos a serem divulgados com base nos estágios finais de testes em 16 mil voluntários humanos, em um esforço global para produzir vacinas que podem frear a pandemia que já matou mais de 1,2 milhão de pessoas e devastou economias em todo o mundo.


Segundo os desenvolvedores da vacina, os dados da análise preliminar ainda serão publicados em uma revista científica internacional mesmo sem passaram por avaliação de outros cientistas.

Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png