• Carlos Guglielmeli

Após testes, Russia diz que vacina contra a Covid-19, Sputnik V, tem 92% de eficácia


Foto: Russia Beyond

Moscou se apressa para alcançar as farmacêuticas do Ocidente na corrida pela vacina contra o novo coronavírus e de acordo com o fundo soberano russo, resultados preliminares de testes clínicos apontam que a vacina Sputnik V é 92% eficaz em proteger pessoas da Covid-19, o anúncio foi feito nesta quarta-feira (11).


"Estamos mostrando, baseados em dados, que temos uma vacina muito eficaz", disse o chefe do Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF), Kirill Dmitriev, acrescentando que esse seria o tipo de notícia que os desenvolvedores da vacina falariam para seus netos um dia.


Os resultados atuais da Sputnik V são apenas os segundos a serem divulgados com base nos estágios finais de testes em 16 mil voluntários humanos, em um esforço global para produzir vacinas que podem frear a pandemia que já matou mais de 1,2 milhão de pessoas e devastou economias em todo o mundo.


Segundo os desenvolvedores da vacina, os dados da análise preliminar ainda serão publicados em uma revista científica internacional mesmo sem passaram por avaliação de outros cientistas.

Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3