• Carlos Guglielmeli

Auxílio Emergencial para cultura em Valparaíso tem indícios de favorecimento

O filho do diretor de cultura de Valparaíso, Fernando Lucas de Almeida Fernandes, e o ex-diretor e vereador eleito, Jorge Raposo de Andrade, conhecido como Jorge Recife (PDT), estão entre os nove representantes de entidades, fazedores e espaços culturais pré-selecionados para receber um auxílio mensal de R$ 3 mil à R$ 10 mil previstos na Lei Aldir Blanc.


A Secretaria Municipal de Cultura e Esportes de Valparaíso de Goiás homologou a lista dos que serão contemplados pela Lei Federal 14.017 (Lei Aldir Blanc) no dia 04 de novembro recente, junto à portaria 012 que estabelecia justamente as regras e os formulários para as inscrições.


O documento intitulado "Resultado das Solicitações de Requerimento de Auxílio Emergencial", foi assinado por Luciane Santos Miranda, como presidente da Comissão de Análise, instituto criado apenas dois dias depois pela portaria 013 de 06 de novembro de 2020.


Não constam impeditivos para as seleções na portaria 012, porém a proximidade dos citados com a administração pública dá indícios de favorecimento.


A redação do Jornal Opção do Entorno entrou em contato com o titular da Secretaria de Cultura e Esportes de Valparaíso, Ricardo Viana, que informou que a seleção publicada está em "diligência" e que as regras para adesão estão descritas na Lei Federal e na portaria municipal.


O valor total enviado pela União para enfrentamento dos efeitos da pandemia do novo coronavírus na área da Cultura em Valparaíso totaliza pouco mais que R$ 1,18 milhão.



Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

1/3