• Carlos Guglielmeli

Balança comercial de Goiás tem alta em abril, puxada pelo agronegócio e por setores da indústria


Foto do Portal Empreender em Goiás

Mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19) o estado de Goiás fechou o mês de abril com um superavit comercial de R$ 411,6 milhões em relação ao mesmo período do ano passado.


Segundo dados do relatório produzido em conjunto pelas secretarias de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Desenvolvimento e Inovação (Sedi) e Indústria, Comércio e Serviços (SIC), as exportações goianas no mês passado somaram R$ 611,87 milhões, um crescimento de 6,5% em relação mês de abril de 2019.


O secretário de estado da indústria, comércio e serviços, Wilder Morais, avalia o resultado da balança com entusiasmo, mas pondera que o momento da economia mundial é de retração:


“O saldo comercial brasileiro subiu 18,54% no mês, e o de Goiás quase dobrou em relação a abril de 2019, aumentando 34,57%. Sem contar que nosso Estado foi o responsável por 3,34% de todas as exportações brasileiras, resultado bem melhor do que os 2,98% no mesmo mês de 2019”, disse Wilder sem detalhar as comparações que produziram esses índices.


Segundo uma publicação do Portal Goiás, em abril recente, comparado ao mesmo mês de 2019, o complexo de soja, que engloba o produto in natura, óleo, bagaços e farinhas, houve variação positiva de 13,68% na comercialização e ainda do agronegócio, fazendo o mesmo comparativo, as exportações da carne, bovina, suína, de aves e outras, apresentaram crescimento de 13,46%.

Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png