• Carlos Guglielmeli

Balança comercial de Goiás tem alta em abril, puxada pelo agronegócio e por setores da indústria


Foto do Portal Empreender em Goiás

Mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19) o estado de Goiás fechou o mês de abril com um superavit comercial de R$ 411,6 milhões em relação ao mesmo período do ano passado.


Segundo dados do relatório produzido em conjunto pelas secretarias de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Desenvolvimento e Inovação (Sedi) e Indústria, Comércio e Serviços (SIC), as exportações goianas no mês passado somaram R$ 611,87 milhões, um crescimento de 6,5% em relação mês de abril de 2019.


O secretário de estado da indústria, comércio e serviços, Wilder Morais, avalia o resultado da balança com entusiasmo, mas pondera que o momento da economia mundial é de retração:


“O saldo comercial brasileiro subiu 18,54% no mês, e o de Goiás quase dobrou em relação a abril de 2019, aumentando 34,57%. Sem contar que nosso Estado foi o responsável por 3,34% de todas as exportações brasileiras, resultado bem melhor do que os 2,98% no mesmo mês de 2019”, disse Wilder sem detalhar as comparações que produziram esses índices.


Segundo uma publicação do Portal Goiás, em abril recente, comparado ao mesmo mês de 2019, o complexo de soja, que engloba o produto in natura, óleo, bagaços e farinhas, houve variação positiva de 13,68% na comercialização e ainda do agronegócio, fazendo o mesmo comparativo, as exportações da carne, bovina, suína, de aves e outras, apresentaram crescimento de 13,46%.

Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3