• Carlos Guglielmeli

Bolsonarismo fracassa e centro-direita se fortalece no 2º turno das eleições municipais


Foto: Agência Brasil

O segundo turno das eleições municipais deste domingo (29) mostrou um fortalecimento de partidos de centro e centro-direita e um desempenho negativo da esquerda em geral, particularmente ruim do PT, que fica fora do comando de qualquer capital pela primeira vez desde que começaram as eleições diretas nas cidades.


Alfinetando os radicais, especialmente os bolsonaristas, e dando um tom nacional em seu discurso, e após ser reeleito Covas (PSDB) disse que São Paulo não quer "confronto" e que o a cidade não quer negacionismo, referindo-se ao enfrentamento à Covid-19.


"É possível fazer política sem ódio, é possível fazer política falando a verdade", disse o peessedebista.


Em outra capital importante. no Rio de Janeiro, as pesquisas se confirmaram e o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM), apoiado pelo presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM), ganhou com folga do canddidato do presidente Bolsonaro, Marcelo Crivella (Republicanos).


Para o cientista político e professor do Insper Carlos Melo, que falou ao portal Terra, o segundo turno confirmou as expectativas do primeiro, tendo como vencedores: DEM, PP, PSD e PSDB, este último por conta de São Paulo. Para Melo, os perdedores foram Bolsonaro e o PT.

Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3