• Carlos Guglielmeli

Bolsonaro, Caiado e Mandetta vão juntos vistoriar construção de Hospital de Campanha em Águas Lindas

Todo aponta para uma reaproximação de Bolsonaro e Caiado, principalmente pela disposição do goiano em afrouxar as medidas de isolamento social em Goiás


Fotos do portal de notícias Mais Goiás

O presidente Jair Bolsonaro foi à Águas Lindas de Goiás na manhã deste sábado (11) ao lado do ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta para se juntar ao governador Ronaldo Caiado (DEM) e vistoriar as obras do Hospital de Campanha, que está sendo construído na cidade para atender pacientes com o Covid-19 (novo coronavírus).

Esse é o primeiro encontro entre o presidente e o governador de Goiás, que a um mês anunciou o rompimento com Bolsonaro por divergências no enfrentamento à pandemia do coronavírus.

Ao chegar no local, com máscara e colete com o símbolo da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o presidente foi cumprimentar populares, enquanto Mandetta, seguindo suas próprias recomendação de distanciamento, foi direto à vistoria.

Na sequência, Bolsonaro se juntou a Caiado, Mandetta e outras autoridades para acompanhar as obras de construção do Hospital de Campanha que iniciou no dia 07 recente e vai ocupar 10 mil m² e ter 200 leitos para atender exclusivamente pacientes com o Covid-19.

O governo federal arcará com o custo de R$ 10 milhões para a construção e manutenção do hospital por quatro meses. Já os custos com equipe médica e materiais serão de responsabilidade do governo de Goiás.

Durante a vistoria, o governador de Goiás teve que escutar o grito de “fora caiado”, entoado pelos cerca de 50 populares cumprimentados pelo presidente Bolsonaro na sua chegada ao local.


(Clique nas imagens para ampliá-las)


Publicidade

1/3
Roleta Russa 2.png
Precisa explicar?