• Carlos Guglielmeli

Bolsonaro demite ministro do turismo


Foto: Folha PE

O presidente Jair Bolsonaro demitiu nesta quarta-feira (9), o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. O cargo dele era um dos que deveriam entrar na reforma ministerial inicialmente prevista para fevereiro. O mais cotado para assumir seu lugar é o presidente da Embratur, Gilson Machado


Segundo integrantes do Palácio do Planalto, a queda de Álvaro Antônio se deu devido a divergências com o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. Os dois discordavam internamente porque o ministério passou a ser citado como moeda de troca por apoio no Congresso.


Ao demitir o ministro o presidente Jair Bolsonaro queixou-se por ele ter exposto divergências com o colega, em um grupo de ministros no WhatsApp. Na mensagem, Antônio disse que Ramos ofereceu a sua pasta ao Centrão em troca de apoio para a eleição da mesa diretora da Câmara.


Álvaro Antônio deve reassumir seu mandato de deputado federal por Minas Gerais. Ele é filiado ao PSL e é investigado pelo Ministério Público sob suspeita de desviar recursos de campanha por meio de candidaturas de mulheres nas eleições de 2018.

Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3