• Carlos Guglielmeli

Bolsonaro diz que auxilio emergencial não é aposentadoria e que é melhor que nada


Fodo de Adriano Machado - Reuters / com edições da redação

O presidente Jair Bolsonaro disse, nesta sexta-feira (28) que o auxílio emergencial é um benefício provisório. Segundo ele, o valor de R$ 600 pagos mensalmente a informais pode ser pouco, mas é melhor que nada:


"Isso não é aposentadoria, é uma ajuda emergencial. Eu sei que é pouco para quem recebe, mas ajuda, pô, é melhor do que nada", disse Bolsonaro na saída do Palácio da Alvorada.


Na ocasião, sem revelar o novo valor, o presidente ratificou que as novas parcelas do Auxílio, que vão té dezembro deste ano, devem ser menores que as atuais e reclamou dos críticos que atacam essa redução.


"Você vê, nós colocamos auxílio emergencial (inicialmente) por três meses, tem cara que reclama que é pouco, agora, custa para todo mundo R$ 50 bilhões por mês. Prorrogamos para mais dois, R$ 250 bilhões. A gente prefere até o final do ano uma importância menor do que R$ 600. Tem cara já reclamando, é o tempo todo assim", reclamou o chefe do executivo nacional.


O auxílio emergencial é considerado o principal fator que fez o presidente atingir seu maior índice de popularidade desde o início do governo.

Publicidade
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan
Institucional do Novo Gama Mar2021 Retan

press to zoom
1/3