• Carlos Guglielmeli

Bolsonaro diz que não assiste Globo e evita assunto Mandetta


Foto da Editora Abril, meramente ilustrativa

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) evitou nesta segunda-feira (13), comentar a entrevista do seu ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, concedida à TV Globo, emissora que diz considerar "inimiga".

Não assisto à Globo, tá ok? Vou perder tempo da minha vida assistindo à Globo agora?”, disse o presidente à jornalistas na saída do Palácio da Alvorada.

Além de conceder a entrevista justamente para a Globo, Mandetta o fez do Palácio das Esmeraldas, residência oficial do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), que também é médico e rompeu uma antiga aliança com Bolsonaro no mês passado por divergências no enfrentamento ao Coronavírus.

Na frente das câmeras que detêm sozinhas cerca de dois terços da audiência nacional, o ministro da saúdo cobrou uma “fala única” nas orientações sobre o combate ao Covid-19.

"O brasileiro não sabe se escuta o ministro da Saúde, o presidente, quem é que ele escuta", disse Mandetta.

Sem se referir diretamente à Bolsonaro, Mandetta também criticou o comportamento de quem quebra as recomendações de isolamento:

"Quando você vê as pessoas entrando em padaria, supermercado, fazendo fila, piquenique isso é claramente uma coisa equivocada".

No dia anterior e ao lado do governador Caiado, Mandetta já havia condenado a atitude de Bolsonaro, que após visitarem juntos a construção de um hospital de campanha em Águas Lindas de Goiás, foi a encontro de cerca de 20 apoiadores que se aglomeravam sem nenhuma proteção.

Questionado na entrevista sobre o fato, o ministro se limitou falando de si:

Eu procuro seguir uma lógica de não aglomeração.
Publicidade

1/3
Roleta Russa 2.png
Precisa explicar?