• Carlos Guglielmeli

Com mais de 1,5 mil óbitos em 24h, Brasil supera a marca de 200 mil mortes pela Covid-19



O Brasil ultrapassou a trágica marca de 200 mil mortes causadas pelo novo coronavírus e, mesmo com a possível chegada da vacina ao país, epidemiologistas e médicos que estão na linha de frente do enfrentamento à pandemia temem por uma explosão de casos após as festas do final do ano.


Foram registradas exatas 1.524 vítimas fatais da doença em um dia, elevando o total para 200.498, segundo os dados do Ministério da Saúde.


Além das mortes e confirmando as previsões mais pessimistas para a ressaca das festas de fim de ano, também foram confirmadas quase 88 mil novas infecções pela Covid-19 no país, um novo recorde desde o início da pandemia no Brasil.


O país voltou a registrar índices de transmissibilidade da doença similares a períodos críticos, e o sistema de saúde tem novamente se aproximado de um possível colapso, sem que tenham sido impostas medidas rígidas de isolamento social como aquelas adotadas no início da pandemia para conter o vírus.


"Infelizmente estamos vivendo o período de transmissibilidade igual ao pior momento da pandemia, julho e agosto do ano passado", disse Alexandre Naime, chefe do departamento de Infectologia da Faculdade de Medicina da Universidade Estadual Paulista (Unesp).


Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png