• Carlos Guglielmeli

Debandada da equipe econômica do governo Bolsonaro continua e Guedes sofre mais uma baixa


Foto de O Popular / Com edições da redação

O subsecretário de Política Macroeconômica, Vladimir Kuhl Teles é mais um dos quadros do Ministério da Economia a pedir demissão, conforme portaria de 13 de agosto publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial da União.


Após os pedidos de demissão dos secretários especiais Salim Mattar (Desestatização) e Paulo Uebel (Desburocratização), o ministro Paulo Guedes chegou a reconhecer uma debandada da sua equipe, porém neste caso a alegação é outra.


Segundo a assessoria de imprensa do ministério, a saída de Teles se deu por uma situação pessoal e a partida já estava combinada previamente.


Em julho o então secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, o diretor de programas da Secretaria Especial de Fazenda, Caio Megale e o presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, pediram demissão. No mês anterior tinha sido a vez de Marcos Troyjo, à época secretário especial de Comércio Exterior, deixou o cargo para assumir a presidência do banco dos Bric, Novo Banco de Desenvolvimento.

Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png