• Carlos Guglielmeli

Defensoria Pública de Goiás recomenda Lockdown a municípios com elevado número de casos da Covid-19


Fotos do portal da DPE-GO

Por meio do seu Núcleo Especializado de Direitos Humanos (NUDH), a Defensoria Pública de Goiás recomendou a adesão dos municípios goianos com mais de 100 casos do novo coronavírus ao decreto 9.685/20 da governadoria do estado, que determina o Lockdown intermitente de 14 por 14 dias até setembro.


Ao todo, 31 municípios se encaixam na recomendação, entre eles 9 da Região do Entorno do Distrito federal: Luziânia, Águas Lindas, Valparaíso, Planaltina, Novo Gama, Santo Antônio do descoberto, Cidade Ocidental, Formosa e Padre Bernardo.


O órgão também solicitou informações de cada cidade sobre suas capacidades individuais de atendimento hospitalar sem transferência de pacientes, o número de leitos de enfermaria e UTIs (Unidades de Terapia Intensiva). As prefeituras têm 48 horas para responder.


Philipe Arapian, coordenador do NUDH, destacou no seu documento, que os municípios que não acatarem as medidas do decreto Estadual deverão apresentar justificativas embasadas em pareceres e recomendações técnicas, fundamentadas por órgãos da Vigilância Sanitária e ou de Controle Epidemiológico.

Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png