• Carlos Guglielmeli

Diretor da OMS diz que pandemia atingiu o platô no Brasil, mas alertou que isso não garante nada

"O crescimento [da pandemia] no Brasil não é mais exponencial, ele atingiu o platô.


A afirmação foi feita pelo diretor-executivo do programa de emergências da OMS, Michael Ryan, durante uma coletiva de imprensa remota realizada nesta sexta-feira (17) onde o dirigente completou dizendo que esse fato sozinho não garante nada, a não ser uma oportunidade para o país:


"Não há absolutamente nenhuma garantia [de que os novos contágios diminuirão] "por si só. Existe uma oportunidade agora para o Brasil empurrar a doença para baixo", declarou.


Conforme os dados do Ministério da Saúde, pela primeira vez desde o início da pandemia no país, uma semana teve menos contágio que a anterior. Entre 05 e 11 de julho foram 262.846 novos contaminados, contra 263.337 registrados entre 28 de junho e o dia 04 do mês atual.


Já o número de novos óbitos se manteve estável pela quarta semana num patamar pouco superior a 7 mil.



Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png