• Carlos Guglielmeli

Ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, é preso e sua esposa é considerada foragida



Fabrício Queiroz, ex-assessor parlamentar de Flávio Bolsonaro, foi preso na manhã desta quinta-feira (18) em Atibaia, no interior de São Paulo.


Fruto de uma operação conjunta entre Polícia Civil e Ministério Público de São Paulo, os mandatos de busca e apreensão e de prisão expedidos pela justiça do Rio fazem parte das investigações sobre o esquema de "rachadinha", supostamente cometido no gabinete do filho do presidente, quando ele era deputado estadual.


Em um ano, segundo o extinto Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), Queiroz movimentou R$ 1,2 milhão em suas contas, o que levou o gabinete do filho do presidente Jair Bolsonaro para o centro de uma investigação do Ministério Público Estadual.


O policial militar aposentado foi encontrado em um imóvel pertencente a Frederick Wassef, advogado do filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro.


Em entrevista à Globo News, o delegado da Polícia Civil de São Paulo Osvaldo Nico Gonçalves, responsável por comandar a operação que resultou na prisão de Fabrício Queiroz, afirmou que o ex-assessor do senador estava no imóvel que pertence ao advogado da família Bolsonaro a um ano. A informação teria sido dada a ele pelo caseiro.


A Justiça autorizou também a prisão da mulher de Queiroz, Márcia Oliveira de Aguiar. Às 14h, ela ainda não havia sido encontrada e é considerada foragida.

Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png