• Carlos Guglielmeli

Goiás vence o Vasco em São Januário pela Copa do Brasil e decide o futuro na competição em casa

Com um gol de Fabio Sanches, o Goiás venceu o Vasco em São Januário e encerrou a invencibilidade do time carioca em seu campo, que durava desde 2005.


Foto: CBF

O Goiás não se intimidou em São Januário e pressionou o Vasco desde o começo da partida. Já aos dez minutos, Rafael Moura tabelou com Daniel Bessa dentro da área e, sozinho, chutou cruzado, mas Fernando Miguel fez boa defesa com o braço direito.


Na sequência, aos 11, Keko quase marcou um golaço. O atacante recebeu a bola, dominou, ajeitou a bola para o alto e emendou uma bicicleta. Fernando Miguel, mais uma vez, salvou a pátria do Gigante da Colina.


Os vascaínos responderam com seu artilheiro argentino. Em contra-ataque puxado por Andrey, o meia abriu para Vinícius na ponta direita e recebeu de volta chutando de primeira. Tadeu, goleiro dos esmeraldinos, fez grande defesa e acabou dando rebote dentro da pequena área. A bola, quase em cima da linha, foi empurrada por Cano para o fundo das redes, mas o camisa 14 usou as mãos para marcar, por isso, o árbitro anulou o gol.


A equipe carioca não conseguia protagonizar a partida e o Goiás mantinha a pressão. Aos 26, Keko assustou novamente o torcedor vascaíno. O atacante arriscou uma falta de muito longe e carimbou o travessão de Fernando Miguel.


O primeiro tempo do Goiás era muito superior e a recompensa veio no fim da primeira etapa. Aos 43 minutos , em cobrança de falta para dentro da área, a bola foi desviada na primeira trave, e Sanches, na segunda, tocou para dentro do gol, 1 a 0 para o time goiano.


A torcida Cruz-Maltina mudou imediatamente. O que antes era apoio, virou cobrança e pressão para equipe comandada por Abel Braga.


Pressionado, o Vasco voltou do intervalo mais esperto para a etapa complementar, assustou o time de verde e branco com menos de 10 minutos. Em bola alçada na área, Leandro Castán aproveitou a sobra e chutou na rede pelo lado de fora.


A "patrulha" dos donos da casa seguiu. Aos 14, Raul carregou a bola pelo meio, soltou a bomba de longe e viu Tadeu fazer grande defesa. Faltava criação no meio-campo do Vasco e Abel Braga promoveu a estreia de Benítez.


Sob ataque, o Goiás soube controlar o ímpeto Vascaíno e levou o jogo até o final da partida com o placar que construiu no primeiro tempo.


Agora, para avançar no torneio o time goiano precisa apenas de um empate de no máximo 1 gol no jogo de volta, programado para a próxima quarta-feira (18).

Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png