• Carlos Guglielmeli

GP da Hungria: Hamilton vence de ponta a ponta e assume liderança do campeonato


Fotos: AFP (Agence France-Presse)

Lewis Hamilton venceu de ponta a ponta o Grande Prêmio da Hungria deste domingo (19). O britânico foi o pole position, venceu a corrida, conseguiu a volta mais rápida e novo recorde do Hungaroring com o tempo de 1:16.627s.


A corrida foi a terceira da temporada 2020 da F1, atrasada pela pandemia do coronavírus. Hamilton soma agora 86 vitórias e se aproxima do recorde de 91 de Michael Schumacher.


O piloto da Red Bull, Max Verstappen, foi o segundo colocado, mesmo após seu erro na volta de formação do Grid de largada. A equipe do holandês teve que fazer um trabalho muito rápido para arrumar a suspensão do carro 33.


Após largar mal e cair para a sétima posição, Valtteri Bottas se recuperou para completar o pódio. Além dos três ponteiros, apenas Lance Stroll, quarto colocado, terminou a corrida na mesma volta do líder.


Sebastian Vettel conseguiu uma boa sexta posição para a lenta Ferrari, enquanto Leclerc protagonizou uma intensa disputa pelo 10º posto com Carlos Sainz nas voltas finais da corrida, mas o monegasco não conseguiu se segurar e o espanhol conseguiu um ponto para a McLaren, enquanto seu companheiro Lando Norris foi apenas o 14º.


Alexander Albon chegou na quinta posição, à frente de Vettel, após superar o tetracampeão nas voltas finais. Sergio Pérez, que não largou bem a pista molhada de Hungaroring, foi o sétimo colocado.


Daniel Ricciardo (Renault), Kevin Magnussen (Haas) e Sainz (McLaren) completaram a zona de pontuação. Pierre Gasly, da AlphaTauri, teve um problema em seu motor Honda e foi o único a não completar a corrida.


A decepção da corrida foi novamente a Ferrari, principalmente a de Charles Leclerc, que sofria pressão de Perez e cobrava a Ferrari pelo rádio: “Cadê a chuva que vocês falaram que vinha? Eu preciso trocar de pneus!”. Após a troca, o máximo que o monegasco conseguiu foi a 11ª posição.


Veja a classificação final do GP de Hungaroring na Hungria:


1) Lewis Hamilton (Mercedes)

2) Max Verstappen (Red Bull/Honda)

3) Valtteri Bottas (Mercedes)

4) Lance Stroll (Racing Point/Mercedes)

5) Alexander Albon (Red Bull/Honda)

6) Sebastian Vettel (Ferrari)

7) Sergio Pérez (Racing Point/Mercedes)

8) Daniel Ricciardo (Renault)

9) Kevin Magnussen (Haas/Ferrari)

10) Carlos Sainz Jr. (McLaren/Renault)

11) Charles Leclerc (Ferrari)

12) Daniil Kvyat (AlphaTauri/Honda)

13) Lando Norris (McLaren/Renault)

14) Esteban Ocon (Renault)

15) Romain Grosjean (Haas/Ferrari)

16) Kimi Räikkönen (Alfa Romeo/Ferrari)

17) A.Giovinazzi (Alfa Romeo/Ferrari)

18) George Russell (Williams/Mercedes)

19) Nicholas Latifi (Williams/Mercedes)

OUT) Pierre Gasly (AlphaTauri/Honda)

Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png