• Carlos Guglielmeli

Hamilton é 1º em Portugal e se torna o maior vencedor da F1


Foto: @Fórmula 1 / Divulgação

Lewis Hamilton se tornou o maior vencedor de Grandes Prêmios da história da Fórmula 1 neste domingo (25). Este domingo em Portimão, Portugal, será lembrando para sempre como o dia em que Hamilton superou o recorde do heptacampeão mundial Michael Schumacher de 91 triunfos.


A vitória número 92 do britânico foi colocado em xeque no início da corrida, quando ele perdeu duas posições na largada, mas o piloto da Mercedes mostrou todo seu talento para “virar o jogo”.


Valtteri Bottas, companheiro de equipe de Hamilton, foi o segundo colocado e Max Verstappen, da Red Bull, completou o pódio na terceira posição.


Charles Leclerc fez outra boa corrida com sua limitada Ferrari, e garantiu a quarta posição para a escuderia italiana Ferrari, enquanto seu companheiro de equipe Sebastian Vettel conseguiu terminar a corrida apenas em 10º, na última posição da zona de pontuação.


Pierre Gasly fez outra bela corrida e mostrou novamente que pode ser considerado um dos grandes pilotos dessa nova geração da F1. O francês terminou na quinta posição, por outro lado, seu companheiro Daniil Kvyat, foi o último a receber a bandeira quadriculada na posição 19, já que Lance Stroll abandonou a competição no início da corrida .


A McLaren largou muito bem com Carlos Sainz, que chegou a assumir a liderança na primeira volta, mas não conseguiu manter o ritmo. No fim, o espanhol foi o sexto colocado. No outro lado da garagem, Lando Norris também fez um bom começo, mas terminou fora dos pontos 13ª posição.


Sergio Perez foi outro destaque da corrida em Portimão. O mexicano largou bem e chegou a passar Verstappen nas primeiras curvas, mas os dois se tocaram em um incidente de corrida, fazendo a Racing Point cair para o fim do grid. Depois disso Perez fez uma corrida de recuperação e terminou a etapa na sétima posição.


A Renault terminou com seus dois carros na zona de pontuação. Esteban Ocon em oitavo seguido por Daniel Ricciardo em nono. A dupla travou uma bela disputa nas voltas finais, mas o francês se manteve à frente do seu companheiro de equipe. Ricciardo faz seu último ano na Renault e assumirá um cockpit na McLaren em 2021.


Confira o resultado final do Grande Prêmio de Portugal de F1 2020:


1) Lewis Hamilton (Mercedes) 66

2) Valtteri Bottas (Mercedes) 66

3) Max Verstappen (Red Bull/Honda) 66

4) Charles Leclerc (Ferrari) 66

5) Pierre Gasly (AlphaTauri/Honda) 65

6) Carlos Sainz Jr. (McLaren/Renault) 65

7) Sergio Pérez (Racing Point/Mercedes) 65

8) Esteban Ocon (Renault) 65

9) Daniel Ricciardo (Renault) 65

10) Sebastian Vettel (Ferrari) 65

11) Kimi Räikkönen (Alfa Romeo/Ferrari) 65

12) Alexander Albon (Red Bull/Honda) 65

13) Lando Norris (McLaren/Renault) 65

14) George Russell (Williams/Mercedes) 65

15) A.Giovinazzi (Alfa Romeo/Ferrari) 65

16) Romain Grosjean (Haas/Ferrari) 65

17) Kevin Magnussen (Haas/Ferrari) 65

18) Nicholas Latifi (Williams/Mercedes) 64

19) Daniil Kvyat (AlphaTauri/Honda) 64

Abandonou) Lance Stroll (Racing Point/Mercedes) 51

Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png