• Carlos Guglielmeli

Mesmo com problemas no carro de 2020, Ferrari treina nesta terça-feira com o modelo SF71H


Foto da escuderia / Ferrari guiada por Kimi Raikkonen em 2018

Que a Ferrari iria testar na sua pista em Mugello nesta terça-feira (23), isso já era sabido, porém a expectativa era para qual corro a equipe levaria para o autódromo.


A resposta veio nesta segunda-feira (22) em publicação da escuderia que confirmou o SF71H, carro utilizado no campeonato de 2018, como monoposto a ser utilizado por seus pilotos.


Durante a semana anterior especulou-se que a equipe italiana poderia usar os carros 2020, batizados de SF1000, abrindo mão do segundo dia de filmagens previstos no regulamento.


O fato é que, após os testes de Barcelona realizados em fevereiro, antes da decretação de pandemia pela OMS (Organização Mundia de saúde), o discurso de pilotos e da área técnica ferrarista era que a equipe não tinha produzido um carro em posição efetiva de disputar a liderança, com alguns, inclusive, colocando-o como “terceira força” da categoria.


Daí a impressão de que a Ferraria usaria o treino para desenvolver o carro para a competição deste ano e não usaria os monopostos de anos anteriores, como fizeram Mercedes, Renault e outras, apenas para "desenferrujar" seus pilotos.


Comentaristas especialistas do esportes deram duas opções para a escolha de Maranello, ou eles ficaram satisfeitos com o que fizeram na fábrica neste período de paralisação, ou erraram mesmo na autoavaliação.

Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png