• Carlos Guglielmeli

Países europeus já avaliam novos lockdowns devido a recente escalada da Covid-19


Foto: efe.com

Com uma reabertura da economia bem mais cadenciada do que a realizada no Brasil, feita apenas após a queda comprovada nos números de casos e óbitos causados pelo novo coronavírus, países como a França e Reino Unido já pensam no recrudescimento das medidas de isolamento social para evitar a volta do estado crítico da pandemia.


Após chegar ao nível de registrar menos que 300 novos casos diários em todo o país, o Reino Unido confirmou 22.961 diagnósticos positivos de Covid-19 só neste domingo (4).


"O crucial é que, nos próximos dias e semanas, veremos mais claramente se algumas das restrições que adotamos... se isso começa a funcionar para conter o vírus", disse o primeiro ministro britânico, Boris Johnson.


Na frança, o chefe da Polícia de Paris, Didier Lallement, confirmou em uma coletiva de imprensa nesta segunda-feira (5) que os bares da capital serão fechados a partir dessa terça-feira (6) para tentar conter o avanço do novo coronavírus. Além dos estabelecimentos, os restaurantes precisarão seguir um novo protocolo, mais restrito, para continuar funcionando.


Também neste domingo (4), a França bateu seu próprio recorde de novos casos em 24 horas, com mais de 17 mil contaminações no período e a situação só não é mais grave porquê a letalidade da doença hoje é bem menor.


"É uma nova etapa e precisamos estar à altura do desafio. A epidemia está andando muito rápido [novamente] e precisamos frear para evitar que o nosso sistema de saúde não fique sobrecarregado", disse Lallemente.


Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png