• Carlos Guglielmeli

Prefeitura de Valparaíso deixa servidores sem dinheiro no Natal


Pábio Mossoró e Zeli Fritsche durante a posse para 2º mandato como prefeito e vice-prefeita de Valparaíso / Foto: reprodução de redes sociais

Negado até a passagem das eleições, o descontrole nas contas públicas de Valparaíso de Goiás fez com que os servidores do município passassem as festas de Natal em dificuldades, sem a tradicional antecipação salarial e com receio de atraso nos salários de dezembro.

Como o 13º salário do funcionalismo em Valparaíso é pago no mês de aniversário dos servidores, para as festas de Natal eles sempre contaram com a antecipação da folha de dezembro, um benefício espontâneo, que só deixou de ser concedido no último ano de mandato da petista Lucimar Conceição e agora por Pábio Mossoró (MDB).

"Esse ano termina melancólico para nós que estamos na linha de frente, atendendo a população. Até as eleições estava tudo bem, mas foi só se reeleger que o prefeito (Pábio Mossoró) veio com o pacote de maldades para cima de nós e agora essa, a maioria de nós nem pôde celebrar o Natal direito" disse uma servidora na condição de anonimato.

Segundo ela a situação ainda pode ser pior, porque há na categoria o receio de que os salários ainda atrasem:

"E ainda a coisa pode ficar pior, a gente sabe que os terceirizados estão com o pagamento atrasado, não receberam o salário do mês, nem o 13º. Diz que o prefeito (Pábio Mossoró) não pagou as empresas, aí é ruim. Já pensou o que é isso? Ele mentiu para todo mundo", completou a servidora.


A redação entrou em contato com a assessoria da prefeitura para esclarecimentos e aguarda manifestação.

Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png