• Carlos Guglielmeli

Professores dos EUA se manifestam contra retorno às aulas diante da Covid-19


Foto: Reuters

Professores e funcionários de entidades escolares em mais de 35 distritos escolares dos Estados Unidos realizaram protestos nesta segunda-feira contra os planos de retomada de aulas presenciais enquanto os casos de Covid-19 aumentam em várias partes do país.

Os manifestantes, que fizeram carreatas pelas cidades levando cartazes e mensagens pintadas em seus veículos, exigem a a manutenção da suspensão das aulas ao menos nos meses de agosto e setembro, até que dados científicos avalizem e ou justifiquem as medidas.

As manifestações também exigem protocolos com mais testes, escolas mais equipadas, salas de aula com menos alunos, presença de profissionais de saúde nas unidades escolares, entre outros.

Nas redes sociais, a Associação de Educadores e Professores de Milwaukee mostrou manifestantes com falsas sepulturas que diziam "Aqui jaz um estudante da terceira série de Green Bay que pegou Covid na escola" e "Descanse em paz, vovó. Pegou Covid ajudando seus netos com o dever de casa". 

Os Estados Unidos é disparado o país com o maior número de mortes causadas pelo novo coronavírus, mais de 155 mil pessoas já morreram e os óbitos têm a terceira semana seguida de alta em mais de 20 estados como Missouri, Montana e Oklahoma. 

Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png