• Carlos Guglielmeli

Rússia anuncia a regulamentação da 1ª vacina contra a Covid-19


Foto: Contexto Exato

O presidente Vladimir Putin afirmou nesta terça-feira (11), que a Rússia se tornou o primeiro país do mundo a aprovar a regulamentação para uma vacina contra a Covid-19.


Com menos de dois meses de testes em humanos, a aprovação abre caminho para a imunização em massa da população russa, porém essa velocidade com que o país está se movimentando para lançar a vacina, colocando o prestígio nacional acima da ciência e da segurança, põe em dúvida sua eficácia.


Em reunião governamental transmitida pela televisão estatal, Putin afirmou que a vacina desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, é segura e que foi administrada em uma de suas filhas.


"Sei que funciona de maneira bastante eficaz, forma uma forte imunidade e, repito, passou em todos os testes necessários", disse ele.


O presidente russo disse que espera o início da produção em massa da vacina para os próximos meses e o ministro da Saúde local, Mikhail Murashko, já anunciou que a imunização deve começar em outubro.


Para tentar frear a pandemia do Covid-19, mais de 100 vacinas possíveis estão sendo desenvolvidas em todo o mundo. De acordo com dados da OMS (Organização Mundial de Saúde), pelo menos quatro se encontram na Fase 3 de estudos em humanos, das quais duas seguem testes no Brasil.

Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png