• Carlos Guglielmeli

Rússia inicia vacinação em massa contra Covid-19


Foto: Deutsche Weller

O governo russo começou neste sábado (05) a vacinação em massa da população contra o novo coronavírus. A princípio, como forma de testar o sistema nacional de imunização, as doses estão sendo administradas a três grupos prioritários na capital Moscou.


Neste sábado, trabalhadores dos setores da educação, serviço social e médicos, que se inscreveram no site da Prefeitura da capital, começam a receber as doses. Os grupos prioritários serão ampliados conforme as autoridades sanitárias forem recebendo mais doses da vacina desenvolvida pelo Instituto Gamaleya de Pesquisa em Epidemiologia e Microbiologia com apoio dos ministérios da Saúde e da Defesa, Sputnik V.


Conforme anuncio do presidente Vladimir Putin, feito no dia 2 de dezembro, a Rússia deve ter até dois milhões de doses do imunizante até a semana que vem, o que equivale à vacinação de um milhão de pessoas, e a imunização em outras partes do país deve começar no fim da próxima semana.


Além da disponibilização para o público civil, a Sputnik V já estava sendo aplicada em militares e equipes sanitárias de hospitais que atuam na linha de frente contra pandemia.


Apesar de já ter iniciado a vacinar a população, o imunizante do Instituto Gamaleya ainda não finalizou a fase 3 dos testes clínicos, que envolvem cerca de 40 mil voluntários. No entanto, resultados preliminares divulgados pelo órgão mostram que a Sputnik V conseguiu ter uma eficácia "superior a 95%" na prevenção à Covid-19. Os dados ainda precisam ser revisados por cientistas independentes.

Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png