• Carlos Guglielmeli

Regina Duarte deixa a Cultura para assumir a cinemateca em São Paulo

Após dois meses à frente da Secretaria Especial de Cultura, a atriz Regina Duarte deixou o cargo na manhã desta quarta-feira (20).


O anúncio foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro ao lado de Regina, em vídeo publicado em sua rede social. A agora ex-secretária disse estar "sentindo falta da família".


"Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o Governo e a Cultura Brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em SP. Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias", escreveu Bolsonaro.


Segundo o presidente, Regina Duarte vai assumir a Cinemateca de São Paulo, "perto da sua casa".


A saída de Regina Duarte do governo era desejada pela ala ideológica mais próxima ao presidente, conforma suas manifestações próprias.


Membros do governo tentavam afastar as especulações sobre a possibilidade de saída de Regina, mas o próprio presidente os frustrou dias anteriores quando foi questionado sobre o assunto, Bolsonaro respondeu que "só quem não pode ser demitido é o presidente e o vice".

Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png