• Carlos Guglielmeli

Sem testes para a população, Valparaíso registra três mortes em meio a 10 novos casos de Covid-19



O números da pandemia do novo coronavírus confirmados em Valparaíso nesta quinta-feira (7) apontam para o total descontrole da doença na cidade.

Nas últimas 24 horas foram registradas três mortes causadas pela doença na cidade e apenas 10 novos diagnósticos da doença entre valparaisenses, no mesmo período, estabelecimento uma taxa de mortalidade de 33%, quase 15 vezes a média nacional.

Essa comparação comprova que faltas teste, portanto atendimento, tratamento e estratégia para enfrentamento da pandemia no município.

Os moradores reclamam que a prefeitura municipal, comandada pelos reeleitos Pábio Mossoró (MDB) e Zeli Fritsche (PDT) só tratou da pandemia com abundância durante o período eleitoral e que depois das eleições os atendimentos nas unidades de saúde para diagnóstico do coronavírus virou uma "via crucis".

"Nós estamos precisando de alguém que denuncie aquela farsa que aconteceu durante as eleições e o descaso em que isso se transformou agora. Minha mãe teve que se humilhar em Novo Gama para fazer o exame lá, pois em Valparaíso nem se humilhando, fazendo uma via crucis você consegue" disse a Sr. Ester, que mora no Rio de Janeiro e veio acompanhar a mãe, residente do Céu Azul com sintomas da Covid-19 a duas semanas.

"Após os 10 dias de espera que a enfermeira pediu na primeira vez que ela (a mãe com sintomas) foi tentar fazer o exame, eles passaram a esperar ela piorar", completou Ester.


No total, Valparaíso registra 8.199 cidadãos infectados pelo novo coronavírus, dos quais 145 morreram, desde a chegada da pandemia na cidade.

Publicidade

1/2
Mortos X Curados.png
Precisa explicar?
Curta nossa Fampage.png