Sem vergonha nenhuma, PT elege Gleisi Hoffmann como presidente da legenda

Primeira senadora indiciada na operação Lava Jato, delatada pelo doleiro Alberto Youssef como beneficiária de R$ 1 Milhão em propina proveniente de corrupção na Petrobras, vinculada ao apelido “Coxa” nas planilhas de propinas da construtora Odebrecht e envolvida com o próprio marido, o ex-ministro de Lula, Paulo Bernardo, preso  por superfaturar taxas de empréstimos consignados que supostamente renderam mais de R$ 100 milhões desviados de aposentados e pensionistas, a petista Gleisi Hoffmann foi eleita a primeira mulher presidente nacional do PT.

 

Com o apoio de Lula,  Gleisi Hoffmann obteve 61% ou 367 dos 593 possíveis votos de delegados do partido.

 

A senadora disputou o comando da legenda com o também senador Lindbergh Faria (RJ) que obteve 226 votos, 38%, e com o militante comum José Oliveira que não recebeu nenhum voto.

 

Gleisi, que foi apoiada pela corrente interna CNB (Construindo um Novo Brasil), da qual faz parte o ex-presidente Lula, terá dois anos de mandato  e seus maiores desafios serão conduzir o principal partido de oposição e desvincular a legenda das denúncias de corrupção.

 

Sobre sua primeira tarefa, é unanime a avaliação de que a Senadora é competente no enfrentamento e na obstrução dos trabalhos legislativo, principais ferramentas de oposição no congresso.

 

Quando a segunda tarefa prioritária da nova presidente petista, analistas políticos não entendem qual a estratégia do partido enquanto legenda, pois a senadora é ré na Lava Jato e tem seu nome tão afundado em denúncias de crimes quanto o partido.

 

Para a sociedade civil, os não militantes da esquerda, Gleisi Hoffmann representa exatamente aquilo do que o PT precisa fugir, a imagem da corrupção.

 

Agora se for para por o partido a serviço de um única pessoa, o ex-presidente Lula, os mesmos comentaristas entendem que o grande líder acertou. Gleisi é fidedigna ao lulopetismo.

* Foto ilustrativa retirada em Site de busca, usada originalmente pelo G1

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Brasília perde jogando em casa para o Rio Claro no NBB

21/1/2020

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno