Geddel volta para a prisão depois de apartamento com malas de dinheiro

08/09/2017

 

Detido em prisão domiciliar desde julho, Geddel Vieira Lima foi preso na manhã desta terça-feira, 08/09.

 

A nova prisão de Geddel foi determinada pelo juiz Vallisney de Souza Oliveira da 10ª Vara Federal de Brasília preventivamente (sem prazo determinado) baseado na operação “Tesouro Perdido”, desdobramento da “Cui Bono”.

 

Geddel foi ministro no governo Temer, mas é investigado por fraudes cometidas enquanto ocupou a vice-presidência de pessoa jurídica da Caixa Econômica Federal entre 2011 e 2013, nomeado pela ex-presidente Dilma.

 

Na terça-feira 05/09 a Polícia Federal estourou um apartamento ligado a Geddel que armazenava malas e caixas de dinheiro vivi, R$ 51 milhões ao todo, no dia seguinte a perícia encontrou digitais do peemedebista pelo apartamento e em notas.

 

O argumento dos investigadores para o pedido de prisão é o eventual risco de fuga de Geddel depois da descoberta do apartamento e do risco de destruição de provas e elementos que ajudem na elucidação dos crimes.

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Tribunal de Contas aprova as contas do prefeito Pábio Mossor...

11/11/2019

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno