Goiás - Zé Eliton é aclamado próximo governador do estado e Leda Borges é ovacionada em Cidade Ocidental

Comandado pelo deputado federal Giuseppe Vecci, o PSDB - GO (Partido da Social Democracia) realizou neste domingo, 01/10, o encontro regional do Entorno Goiano do DF (Distrito Federal).

 

A Cidade Ocidental foi escolhida sede do evento porque um dos pontos altos programados era a filiação do prefeito Fábio Correia, que é considerado ao lado do valparaisense Pábio Mossoró, um dos melhores prefeitos recentes de Goiás.

 

Fábio Correia chega ao “ninho dos tucanos” acompanhado de mais 200 novos filiados, fazendo do PSDB o maior partido de Ocidental.

 

Em sua fala inicial, Vecci argumentou com os filiados sobre um dos maiores debates internos dos tucanos, “Nós temos a coragem de fazer o que tem de ser feito, mesmo que isso nos custe um desgaste perante a sociedade (...) Seria muito mais cômodo o PSDB abandonar o governo Temer, que hoje tem apenas 3% de aprovação, mas nós estamos lá não por gosto, mas por responsabilidade” e completou “não podemos deixar que o Brasil sangre até a morte em detrimento ao nosso projeto partidário”.

 

Pelas expressões que deixou transparecer, três fatos surpreenderam o presidente estadual do PSDB, a liderança da Deputada Leda Borges na região, a popularidade do prefeito valparaisense Pábio Mossoró e a maneira com que o pré-candidato a governador Zé Eliton foi recebido.

 

Quando o prefeito de Valparaíso, Pábio Mossoró, foi chamado a falar, gritos com o seu nome e aplausos tiraram um sorriso admirado de Vecci. O valparaisense fez um discurso partidário, como era o evento, e destacou que “o entorno não precisa desses políticos que nunca deixaram um único real aqui e hoje se alto intitulam solução para a região (...) têm mandados a tantos anos e nunca vieram aqui, nunca olharam para cá, não sabem nada do que passamos, não nos ajudam (...) Precisamos dar continuidade nas obras e no maior programa de investimento estadual nos municípios”.

 

Todas as vezes que mencionava o nome da Deputada Leda Borges, o presidente Giuseppe Vecci abria um sorriso cada vez mais espantado, ao chama-la para falar as pessoas que estavam fora entraram e o nome da deputada foi entoado como se estivesse em casa. A deputada explicou que estava mesmo em casa, devido as tantas parcerias que está fazendo com os vereadores e o prefeito ocidentalense.

 

Como vice-presidente do PSDB – GO, a Deputada Leda Borges fez um discurso alinhado com as pretensões partidárias, pediu unidade, que todos de sua legenda e das aliadas se esforcem em mostrar para a sociedade o quanto estão fazendo pelo estado e completou “O que ganha eleição hoje é trabalho, não é bla bla bla, popularidade não ganha eleição mais, tem que trabalhar, tem que ter serviço prestado, capacidade administrativa e vontade política, ninguém ganha eleição nas vésperas e Valparaíso é um exemplo disso, nós arregaçamos as mangas, trabalhamos e vencemos, e vamos repetir isso com Zé Eliton em todo o estado”.

 

Coincidentemente ou providencialmente o vice-governador e virtual candidato ao governo de Goiás pelo PSDB, Zé Eliton chegou e entrou espremido por uma multidão que literalmente o aclamou “governador”.

 

Zé Eliton foi forte na fala, reivindicando para si sua parcela de responsabilidade nas conquistas alcançadas pelo estado, que ao lado de Marconi Perillo no comando “Goiás diversificou sua economia, elevou seu PIB de R$ 15 para R$ 200 Bilhões, em meio à crise manteve o pagamento dos servidores em dia ao mesmo tempo que outros estados ditos ricos atrasaram 4 meses ou mais (...) Não fujo à luta, serei candidato a governador sim (...) enquanto a oposição se debate nós estamos aqui, com mais pessoas do que eles jamais imaginaram reunir, debatendo o futuro e o desenvolvimento do estado e das cidades (...) não sou candidato por ter o sonho de ser governador, serei governador para dar continuidade ao Goiás na Frente, serei governador para garantir o avanço, o emprego, a urbanização, a educação, a saúde (...) Eu não gosto de surpresas, por isso não surpreendo ninguém, falo e faço, faço e comprovo o que falo”.

 

Cerca de 500 pessoas se espremeram em dois ambientes do Colégio Santo Antônio para uma reunião política, o que é incomum devido a descrença da sociedade.

 

 

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Autores de assassinato por ponto de tráfico de drogas são pr...

14/11/2019

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno