Dois dias depois de mandar prender, ministro do STF manda soltar amigos do presidente Temer

 

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso revogou na noite deste sábado, 31/03 as prisões temporárias dos alvos da Operação Skala, e determinou a imediata liberação dos presos.

 

Barroso atendeu o pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que havia solicitado as prisões a dois dias.

 

As prisões foram determinadas no âmbito do inquérito que apura possíveis irregularidades na edição do Decreto dos Portos (Decreto 9.048/2017), assinado pelo presidente Michel Temer em maio do ano passado.

 

O pedido de revogação das prisões foi feito nesta tarde e segundo Dodge, “as medidas cumpriram seu objetivo legal”.

 

Em seu despacho o ministro do STF argumentou que “tendo as medidas de natureza cautelar alcançado sua finalidade, não subsiste fundamento legal para a manutenção das medidas, impondo-se o acolhimento da manifestação da Procuradoria-Geral da República”.

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Brasília perde jogando em casa para o Rio Claro no NBB

21/1/2020

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno