Feira da Economia Solidária movimenta os bairros Marajó e Santa Rita

 

 

 

As feiras solidárias vêm se apresentando como uma das alternativa para movimentar a economia em regiões e ou seguimentos carentes de desenvolvimento econômico.

 

Lançada no dia 31 de março recente com 65 bancas, a Feira da Economia Solidária do Marajó e Santa Rita, segundo relatos dos moradores e feirantes, está atingindo seus objetivos e já conta com 126 comerciantes locais, moradores dos bairros Marajó, Santa Rita, Vila Isabel, Jardim dos Ipês, Esplanada V e Chácaras Brasil.

 

Essa foi uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Valparaíso, executada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, mais especificamente pela Diretoria de Economia Solidária, comandada pelo professor Marcos Andrey, que contou com o apoio da vereadora local, Maria Neide.

 

Segundo Andrey, “em 19 de março a primeira reunião de criação contou com 10 moradores, três dias depois vieram 18 e em 28 de março haviam 87 moradores interessados. O sucesso da feira é tamanho que já há uma lista de espera de mais ou menos 120 comerciantes”.

 

Coube ao poder executivo dar o pontapé inicial, organizar e determinar a área pública e à vereadora Maria Neide mobilizar e incentivar a participação dos moradores.

 

Instalada entre o antigo Mais Atacadista e o posto de gasolina, os feirantes comercializam durante os sábados e domingos do vestuário ao peixe fresco, do artesanato à plantas ornamentais, do pastelzinho frito na hora à farinha artesanal.

 

Animada com música, locução, brinquedos para as crianças e feirantes entusiasmados com a oportunidade, a feira está se tornando um “Point” para os moradores dos bairros próximos.

 

 

 

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/4
Últimas notícias

Governadores de 19 estados e do Distrito Federal assinam car...

17/2/2020

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno