Vettel supera Hamilton na largada para vencer o GP da Bélgica e diminuir a diferença no Mundial de F1

 

O piloto da Ferrari, Sebastian Vettel, brilhou na largada, ultrapassou o rival Lewis Hamilton e venceu o Grande Prêmio da Bélgica de F1 de ponta a ponta.

 

Com a vitória, o alemão diminuiu a vantagem para Hamilton, que era de 24 pontos, para 17 pontos no mundial 2018 de Fórmula 1.

 

Hamilton foi o segundo colocado, seguido pelo piloto da Red Bull, Max Verstappen que conseguiu seu primeiro pódio desde a vitória na Áustria.

 

Apesar da vitória de Vettel, nem tudo deu certo para a Ferrari, que viu Kimi Raikkonen abandonando no inicio da corrida em Spa. Na primeira curva, o finlandês foi atingido atrás por Daniel Ricciardo e teve um pneu furado e o aerofólio danificado. A equipe italiana trocou o pneu da Ferrari, mas poucas voltas depois de devolvê-lo à pista, o chamou de volta para o pit preocupada com a segurança do piloto.

 

Um grande e impressionante acidente marcou a largada do GP belga, causando o abandono imediato de três pilotos. Nico Hulkenberg perdeu a freada na curva 1,  atingiu violentamente a traseira de Fernando Alonso, fazendo com que o espanhol voasse sobre o carro de Charles Leclerc, atingido o halo da Sauber C37 do monegasco.

 

 

Daniel Ricciardo também teve sua Red Bull danificada na primeira volta. Atingido na traseira, seu carro foi lançado contra o de Kimi, o que lhe custou danos no aerofólio e na asa dianteira. Ele teve que ir aos boxs algumas vezes até abandonar a corrida.

 

Valtteri Bottas, que começou a corrida na parte de trás do grid, consequência de uma penalidade de motor, conseguiu se recuperar e chegar na quarta posição. O finlandês foi protagonista de uma disputa emocionante com Sergio Perez (Racing Point Force India), que não conseguiu segurar o piloto da Mercedes.

 

O “novo time” do grid da F1, a Racing Point Force India, garantiu seus primeiros pontos no campeonato de construtores depois de chegar na quinta e sexta posição, com Perez à frente de seu companheiro, Esteban Ocon. Depois de garantir a segundo fila na qualificação do sábado, o carro não tinha ritmo para manter a Red Bull de Verstappen e a Mercedes de Bottas atrás.

 

A Haas também marcou pontos em Spa, com Romain Grosjean e Kevin Magnussen cruzando a linha de chegada em sétimo e oitavo, respectivamente. Pierre Gasly (Toro Rosso) terminou em nono com Marcus Ericsson completando os dez melhores com a Sauber.

 

(Clique nas imagens para amplia-las e leia as legendas)

Resultado Final - GP da Bélgica de F1 2018:

 

1) Sebastian Vettel (Ferrari)
2) Lewis Hamilton (Mercedes)
3) Max Verstappen (Red Bull/TAG Heuer)
4) Valtteri Bottas (Mercedes)
5) Sergio Pérez (Force India/Mercedes)
6) Esteban Ocon (Force India/Mercedes)
7) Romain Grosjean (Haas/Ferrari)
8) Kevin Magnussen (Haas/Ferrari)
9) Pierre Gasly (Toro Rosso/Honda)
10) Marcus Ericsson (Sauber/Ferrari)
11) Carlos Sainz (Renault)
12) Sergey Sirotkin (Williams/Mercedes)
13) Lance Stroll (Williams/Mercedes)
14) Brendon Hartley (Toro Rosso/Honda)
15) S.Vandoorne (McLaren/Renault)
Abandonou) Daniel Ricciardo (Red Bull/TAG Heuer)
Abandonou) Kimi Räikkönen (Ferrari)
Abandonou) Charles Leclerc (Sauber/Ferrari)
Abandonou) Fernando Alonso (McLaren/Renault)
Abandonou) Nico Hülkenberg (Renault)

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Pesquisa mostra queda na expectativa positiva do governo Bol...

17/1/2020

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno