Esfaqueador de Bolsonaro tem 4 advogados, dois deles voando em jatinho particular

 

O Representante de Bolsonaro, deputado federal Fernando Francischini (PSL-PR), que acompanhou a audiência de custódia do esfaqueador Adelio Bispo de Oliveira, questionou o fato do agressor ter contratado tantos advogados particulares. “Nos chama muita atenção, e aqui eu faço o registro de que é um direito da defesa ter advogados, mas alguém, em situação de pobreza como a gente viu, ter quatro advogados e não ter a defensoria pública acompanhando… Só aí eu deixo para vocês de que não há indícios de que não é um ‘lobo solitário’ sem estrutura financeira nenhuma”.

 

Os advogados Zanone Manuel de Oliveira Júnior e Fernando Costa Oliveira Magalhães utilizaram um avião particular para deixar Belo Horizonte às pressas rumo a Juiz de Fora, na Zona da Mata, para se juntar aos outros defensores locais Marcelo Manoel da Costa e Pedro Augusto de Lima Felipe e Possa que já acompanhavam o casso desde o princípio.


De acordo com os próprios advogados, a defesa de Adelio é paga por uma congregação religiosa de Montes Claros, no Norte de Minas, mas não revelaram o nome da igreja.

Na audiência de custódia foi mantida a prisão preventiva de Adélio e determinada sua transferência para uma penitenciária federal em Mato Grosso do Sul. Decisão apoiada pela junta de advogados que argumentou que a ação do cliente se deveu ao discurso adotado pelo próprio Bolsonaro.


Vamos agora juntar alguns discursos que a vítima fez. É com base nos discursos [de Bolsonaro] que a gente vai trabalhar. O caso é um crime contra a segurança nacional não é a toa, porque tem cunho político. Para nós, é importante que esteja junto o que motivou essa ação. É justamente discurso contra negros, contra mulheres. Isso para nós é fundamental fazer a defesa. Nossa intenção não é absolver. Nossa intenção é explicar o motivo”, disse Zanone, em entrevista ao Estado de Minas.

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Lêda Borges está entre os três deputados estaduais que menos...

24/1/2020

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno