Cabos eleitorais de Valparaíso reclamam de calote dado por candidatos

 

Moradores de Valparaíso procuraram a redação do Jornal Opção do Entorno para denunciar a falta de pagamentos de políticos que os contrataram como cabos eleitorais.

 

Segundo a Sra. Rosalina, eles foram contratados por coordenadores das campanhas do deputado federal Lucas Virgílio e seu pai Armando Virgílio, candidato a deputado estadual.

 

Esses coordenadores seriam os pastores evangélicos Gilvan Santos e Gil Lopes, ambos do Setor de Chácaras Anhanguera.

 

Conforme o relato dos denunciantes, os cabos eleitorais do Dep. Federal Lucas Virgílio contratados para fazer uma “dobradinha” com outro candidato a Dep. Estadual e coordenados por outras pessoas receberam tudo o que foi acordado no prazo correto, mas eles não.

 

Contei com esse dinheiro para comprar brinquedos para meus filhos no dia das crianças enfim passaram em branco” disse Rosaslina que completou: “nossa minha filha vai fazer aniversário quinta-feira. Seria bom se esse dinheiro saísse”.

 

A redação do Jornal Opção do Entorno obteve o retorno de uma liderança local, aliada de Lucas Virgílio, que informou não constar nenhuma pendência nos controles do candidato.

 

Já com relação aos intermediários, pastores Gilvan Santos e Gil Lopes não houve contato.

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Tribunal de Contas aprova as contas do prefeito Pábio Mossor...

11/11/2019

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno