Caiado tenta montar um secretariado de especialistas, mas esbarra no fisiologismo da política

 

A intenção é boa, mas “colocar um ministeriado dentro de um secretariado” esbarra em dois grandes problemas e um deles pode prejudicar a própria governabilidade do futuro governador.

 

Os recentes movimentos do governador eleito por Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), revela a intenção de formar uma equipe de governo composta, principalmente no primeiro escalão, por “notáveis”.

 

Para atender tantas áreas acaba sendo necessária a importação de especialistas. Ai está o primeiro problema do democrata.

 

Não é fácil tirar alguém qualificado de sua cidade de origem ou da iniciativa privada, que costuma pagar bem os bons profissionais, para vir morar na grande Goiânia com um salário abaixo de R$ 20 Mil. Ainda mais nesse momento de “criminalização generalizada da política”.

 

Mas o maior dos problemas que Caiado vai enfrentar para fazer o que deseja ainda é outro, é o fisiologismo da própria política, pois aliados eleitorais, sedentos por espaço na gestão e sem a menor fidelidade ou desprendimento necessários para aceitar o que é melhor para todos em detrimento do que lhes convém a si próprios, jamais aceitariam isso com facilidade.

 

Na imprensa é comum ouvir dizer que Caiado sonha com caviar mas deve acordar com velho conhecido jabá.

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Deputada Lêda Borges "denuncia" a destruição dos p...

6/12/2019

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno