Vereador Zé Antônio, presidente eleito da Câmara Municipal de Valparaíso, apresenta certidões e liquida acusações

26/12/2018

 

O vereador Zé Antônio (MDB), teve o que restava de suas contas como secretário de Assistência Social aprovadas pelo TCM (Tribunal de Contas dos Municípios de Goiás) no início deste mês e agora não tem mais nenhuma acusação de irregularidade contra si.

 

Eleito presidente da Câmara Legislativa de Valparaíso para o ano de 2019, pesava contra o parlamentar uma acusação feita por um desafeto político no MP (Ministério Público) de irregularidade na sua prestação de contas a frente da Secretaria Municipal referente aos meses de novembro e dezembro de 2014.

 

 

Consta no Acórdão 08950/2018:
"Da Tramitação Processual – Analisando Inicialmente os autos, a Secretaria de Recursos editou o Certificado nº 270/2017, de fls. 55-58 vol. 1 Fase 3, concluindo por prover parcialmente o presente recurso, de forma a sanar parcialmente a falha do item 11,3, reformando a decisão contida no Acordão nº 07581/16, para manter IRREGULARIDADE das contas de gestão dos Srs. Agenério da Silva Machado e Creusa Pereira Goes, bem como as respectivas multas aplicadas, e julgar REGULARES COM RESSALVA as contas do Sr. José Antônio Ribeiro, desconstituindo a multa a ele aplicada".

 

Mesmo com suas contas referente aos anos 2015 e 2016 aprovadas e a irregularidade apontar apenas a falta de um documento, os adversários do vereador usaram a negativação do seu nome para disseminar nas redes sociais acusações como a de Ficha Suja, quadrilheiro, ladrão do erário público, entre outros.

 

Ser político nos dias de hoje é muito difícil, tentaram manchar minha história. Me chamaram disso e daquilo, mas está ai. Provei que sou limpo” desabafou Zé Antônio exibindo em rede social suas certidões de idoneidade.

 

(Clique nas imagens das certidões para ampliá-las)

 

 

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Brasília perde jogando em casa para o Rio Claro no NBB

21/1/2020

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno