COOTRANRIDE faz mudanças nas linhas de ônibus em Valparaíso e explica

 

A  COOTRANRIDE, cooperativa que presta o serviço de transporte público municipal em Valparaíso, está operando desde o dia 02 de janeiro com alterações nas linhas, o que motivou a reclamações de alguns usuários.

 

Para entender exatamente o que foi alterado e porque, o Jornal Opção do Entorno entrou em contato com o Sr. Ronaldo de Sousa e Silva, Secretário Geral da COOTRANRIDE que explicou:

 

O que mudou;

 

Sr. Ronaldo de Sousa – Há anos trabalhamos nossas linhas no modelo circular, ou seja, a partir do  Céu Azul e circulando por toda a cidade em sentido horário e anti-horário, repetindo na volta o mesmo trajetos por onde passou na ida.

 

Tudo isso percorrendo uma certa distância pela BR 040 duas vezes a cada viagem de 43Km em média, causando por vezes, devido ao trânsito intenso, alguns contratempos nos horários, com viagens chegando a demorar mais de duas horas, quando o tempo médio é 1 hora e 40 minutos, tempo que daria para irmos quase à Goiânia que fica a 190Km.

 

Os ônibus não estão mais passando todas as vezes em locais com menor fluxo de passageiros, como a parte de baixo das etapas B,C e D do Valparaíso I, e também no Atacadão. Esses pedaços da viagem as vezes penalizavam outras regiões com muitos passageiros esperando pelo carro que estava fazendo um trajeto sem nenhum embarque.

 

Implantaremos um circular no Valparaíso I e Atacadão para suprir a carência que ficou nestes setores em função das mudanças, assim como já existe na Cidade Jardins, Esplanada I e condomínios, um circular de pequeno percurso.

 

Porque mudou;

 

Sr. Ronaldo de Sousa – O mais moderno e o que é usado nos grandes centros são viagens ponto a ponto, ida e volta entre os bairros e um ponto central de integração, onde os passageiros trocam de ônibus e completam a sua viagem.

 

Estamos iniciando um processo de modernização, de dinamização dos nossos serviços. Implantamos um ponto de apoio na Etapa E do Valparaíso I, onde são feitas novas saídas, a fim de recuperar o tempo perdido na travessia da BR 040, voltando assim a sincronia dos horários entre um carro e outro, evitando perda de tempo em espera para os usuários. Ou seja, a mesma viagem agora tem duas saídas, uma no Terminal do Céu Azul e outra no ponto de apoio da Etapa E.

 

Por dia, fazemos em média 170 viagens circulares, como atravessamos a BR 040 duas veze por viagem, na ida e na volta, totalizam então 340 travessias, o que muitas vezes causam transtornos ou atrasos em virtude o grande fluxo de veículos que circulam na via, lembrando que há alguns anos não tínhamos todo esse contratempo em função do grande número de veículos.

 

Sabemos que toda mudança gera algum stress e desconforto. “Se eu tirar uma parada de frente de uma casa e levar para a rua de cima, perto de um posto de saúde, obviamente aquele morador que tinha a parada na sua porta vai reclamar, em detrimento de dezenas de mãezinhas que precisam levar seus filhos ao posto saúde, de grávidas que vão fazer o pré-natal e de idosos que vão fazer seus acompanhamentos e etc.”.

 

Sempre haverá descontentamento de alguns, e nós estamos aqui para atender e resolver as questões possíveis de serem atendidas. Nós pedimos a compreensão dos usuários, pois vivemos desta atividade, portando é óbvio que queremos atendê-los e atendê-los cada dia mais e melhor.

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Autores de assassinato por ponto de tráfico de drogas são pr...

14/11/2019

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno