Reunião do GGIM apresenta queda nos índices de criminalidade em Valparaíso

Presidido pelo prefeito Pábio Mossoró, o GGIM (Gabinete de Gestão Integrada Municipal) de Valparaíso se reuniu nesta quarta-feira (30) para apresentação dos índices de criminalidade registrados na cidade em 2018

 

Segundo o secretário executivo do gabinete, João Batista de Morais, “essas estatísticas são o ponto de partida para as estratégias de a segurança em 2019”.

 

Os números mostram queda em quase todas as modalidades de crimes, quando comparados os registros em 2018 e 2017.

As taxas de homicídios e violência doméstica, por exemplo, ainda não foram fechadas, mas conforme uma apuração feita pelo Jornal Opção do Entorno, baseada em dados parciais já divulgados, essas modalidades de crimes também mostram quedas nos índices até outubro e um provável aumento nos meses de novembro e dezembro de 2018.

 

Para o prefeito Pábio Mossoró, “A união entre o Governo Municipal e todos os órgãos de segurança pública e sociedade civil organizada tem feito a diferença”.

 

O GGIM reúne as várias forças de segurança, como Polícia Militar, Civil, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, setores da administração pública, como a própria prefeitura, secretários municipais, órgãos de fiscalização, o poder judiciário com a presença do MP (Ministério Público) e grupos da sociedade civil, como associações de moradores e comerciais.

 

A Câmara Municipal também faz parte do "grupo de inteligência". O vereador Alceu Gomes, que acompanha os trabalhos desde o início, disse que "nesse primeiro ano o GGIM buscou e já alcançou a melhoria nos índices de segurança e em 2019 tende a melhorar ainda mais, pois tem várias políticas públicas elaboradas no ano anterior que serão implementadas agora". 

 

Juntos, todos esses seguimentos compõem e cruzam dados em 5 câmaras técnicas, Inteligência e Análise Criminal, Câmara Intergovernamental de Ações Preventivas, Câmara Técnica Operacional, Câmara Técnica de Prevenção e Defesa da Mulher e Câmara Técnica de Prevenção e Defesa da Criança e do Adolescente.

 

Essa integração é uma estratégia de segurança pública moderna, internacionalmente utilizada, presente nos países com os menores índices de criminalidade do planeta.

 

Clique aqui e veja o relatório completo, dividido por bairros e modalidades de crimes.

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Após Voto de Toffoli para restringir repasse de informações...

21/11/2019

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno