Ministro de Bolsonaro recorre ao STF para suspender investigação sobre candidaturas laranjas em Minas Gerais

 

O ministro do turismo, Marcelo Álvaro Antônio, recorreu ao foro privilegiado e solicitou ao STF (Supremo Tribunal Federal) a suspensão das investigações feitas pelo Ministério Público Federal em Minas Gerais sobre as supostas candidatas laranjas do PLS nas eleições passadas.

 

À época das eleições em 2018 o atual ministro de Bolsonaro era deputado federal e presidente do PSL mineiro, suspeito de lançar candidaturas femininas laranjas (falsas) que supostamente desviaram recursos da verba partidária eleitoral.

 

Na quarta-feira (20) a ex candidata a deputada federal por Minas Gerais, Cleuzenir Barbosa, entregou ao Ministério Público prints de mensagens trocadas pelo WhatsApp com um assessor do ministro, no qual ele pede que ela lhe devolva uma parte do dinheiro repassado à sua candidatura do Fundo Partidário Eleitoral.

 

 

Sobre a possibilidade do ministro ser demitido, ventilada na imprensa, Onyx Lorenzoni disse que a medida ainda não é necessária e “o governo observa e acompanha a situação”.

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Deputada Lêda Borges "denuncia" a destruição dos p...

6/12/2019

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno