Dois atiradores entram em uma escola, abrem fogo, matam oito, ferem onze pessoas e depois se matam

 

Um atentado ocorrido na manhã desta quarta-feira (13) em uma escola estadual de Suzano, município da grande São Paulo, deixou ao menos dez mortos e onze feridos que foram levadas a três hospitais próximos do local. 

 

Segundo informações da Polícia Militar, os dois atiradores encapuzados, Luiz Henrique de Castro, de 25 anos e Guilherme Taucci, de 17, fizeram a primeira parada em uma loja de automóveis, próximo à escola, onde o menor atirador matou o próprio tio, dono do estabelecimento. Na sequência eles seguiram para a Escola Estadual Raul Brasil em um carro branco.

 

Ao chegar na unidade de ensino os assassinos atiraram na coordenadora e  em outra funcionária da escola, depois foram para o pátio que estava cheio de alunos do ensino médio e começaram a atirar a ermo.

 

Os dois usaram um revólver calibre 38, recarregado 5 vezes uma besta, espécie de arco que atira flechas disparadas por um gatilho.

 

Até o momento as informações dão conta de 10 mortos e 11 feridos. Entre as vítimas fatais estão o tio do menor atirador, duas funcionárias da escola, cinco alunos, além dos dois criminosos.

 

Ainda não foi confirmada a motivação para o crime.

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Ferrari dá prazo para Vettel mostrar resultado e decidir sob...

15/12/2019

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno