Helicóptero de empresa, supostamente ligada ao pai do deputado Diego Sorgatto, é apreendido pela PF com meia tonelada de cocaína. O parlamentar desmente em nota. Veja na íntegra.

A operação Fly Low, deflagrada pela Polícia Federal na madrugada deste sábado (13) apreendeu um helicóptero da empresa Park Sul Derivados de Petróleo sediada em Brasília.

 

O helicóptero de prefixo PR-DHL, equipado com instrumento avaliado em R$ 1 Milhão para fazer voos noturnos, foi interceptado em um matagal na cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo, enquanto era reabastecido.

 

Segundo as publicações do portal Brasil 247, o Site da revista Fórum, entre outros, a empresa Park Sul, dona da aeronave, teria como sócios Márcio Soares de Queiroz, M1 Participações Ltda, Rvs Participações Ltda, Phillipe Oliveira Vilela, Posto Park Sul Derivados de Petróleo Ltda e Remi Vitorino Sorgatto, pai do deputado estadual e pretenso candidato à prefeito de Luziânia Diego Sorgatto.

 

Em nota, o deputado Diego Sorgatto afirma que a aeronave não pertence a nenhuma empresa liga a seu pai. "Um erro de informação acabou criando uma mentira: a de que a aeronave pertence a uma empresa ligada ao meu pai, Remi Sorgatto. Na verdade, o helicóptero pertence exclusivamente à empresa Park Sul na qual meu pai nunca foi sócio", disse o deputado.

 

O portal Mais Goiás e o Brasil 247 afirmaram em suas publicações terem apurado que Remi Sorgatto foi sócio da Park Sul até cerca de um ano atrás.

 

Além da aeronave e a droga, a operação, que segundo a Polícia Federal vinha monitorando a quadrilha desde o ano passado, foram apreendidos carros de luxo, dinheiro em espécie, o piloto e seu ajudante. Duas pessoas fugiram na hora do cerco.

Leia a íntegra da nota emitida pelo deputado Diego Sorgatto:

 

A verdade sobre o helicóptero cheio de cocaína:

 

Em tempos de Fake News e outras malandragens com informações, é preciso ficar atento para saber a verdade e não ser enganado por bandidos.

 

Neste sábado, fomos surpreendidos com diversas notícias falsas em torno de uma operação policial que prendeu um helicóptero cheio de cocaína em Presidente Prudente, interior de São Paulo.

 

Um erro de informação acabou criando uma MENTIRA: a de que a aeronave pertence a uma empresa ligada ao meu pai, Remi Sorgatto.

 

Na verdade, o helicóptero pertence exclusivamente à empresa Park Sul na qual meu pai nunca foi sócio. E o documento em anexo comprova isto.

 

Apesar dessa verdade límpida e cristalina, muito barulho se fez para nos atacar.

 

Mas a verdade é uma só: É UMA MENTIRA DESLAVADA, COM INTERESSE POLÍTICO DE SUJAR O MEU NOME.

 

Meu pai nada tem a ver com esse helicóptero. O povo de Luziânia conhece nossa história e nossa seriedade. Medidas judiciais estão sendo tomadas para esclarecer essa inverdade.

 

Quem reproduz essa mentira tem segundas intenções, neste momento em que estamos nos destacando na Assembleia Legislativa, com bons projetos e atenção total aos cidadãos.

 

Não caia nessa Fake News. Espalhe a verdade!

 

Diego Sorgatto
Deputado Estadual

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Deputada Lêda Borges "denuncia" a destruição dos p...

6/12/2019

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno