Flamengo faz valer sua superioridade técnica para ganhar o 35º título carioca

 

O Flamengo entrou em campo com um cenário completamente favorável, graças a vantagem conquistada no primeiro jogo da final e ao Maracanã lotado, com 70% de torcedores vibrando pelo rubro-negro. O troféu foi levantado após nova vitória contra o Vasco, por 2 a 0, neste domingo, mas a sensação que fica é que o Campeonato Carioca foi decidido na semana anterior tamanha a diferença técnica. 

Números do Footstats até mostram um confronto equilibrado. O Vasco teve mais finalizações (18 a 11), enquanto o Flamengo teve mais posse de bola (54% a 47%), mas o contexto desta final destaca a superioridade rubro-negra, que mesmo sem estar nos seu melhor dia coletivamente, foi amplamente superior durante todos os 180 minutos.

 

Uma conquista não é feita de um jogo. Não foi uma das melhores partidas que o Flamengo fez no ano. O Flamengo fez uma partida inteligente. No jogo em si o Vasco foi superior”, avaliou o técnico Abel Braga. 

 

O Flamengo não conseguiu repetir a pressão na saída de bola do Vasco como no primeiro jogo, mas soube aproveitar os espaços deixados pela defesa vascaína e graças ao Fernando Miguel, o Flamengo não imprimiu um placar mais elástico.

 

Mesmo sem ter feito sua melhor partida do ano, o Flamengo foi Superior do início ao fim do torneio, fazendo valer o seu investimento. No total, seis atletas da equipe apareceram na seleção do Campeonato Carioca: Rodrigo Caio, Renê, Cuéllar, Éverton Ribeiro, Gabigol e Bruno Henrique. Este último também foi o artilheiro da competição.

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Deputada Lêda Borges "denuncia" a destruição dos p...

6/12/2019

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno